Lotes Favoritos

Você precisa estar logado para visualizar os seus lotes favoritos

ATENÇÃO!
Este lote está em venda direta. Verifique as condições no edital de leilão e envie já a sua proposta.

Enviar proposta

Detalhes do Imóvel

  • Privativa 40,71
    Endereço: Rua Sebastião A. Ferreira, n. 2.546 - CONDOMÍNIO RESIDENCIAL BAIRRO ALTO I (verificar possível alteração de numeração predial)
Informações
Lote Nº.: 1.1
Cidade/UF: Curitiba/PR
Comitente: 12. VARA CÍVEL DE CURITIBA
Local do Leilão: VENDA DIRETA
Situação: Aberto
Valor da Avaliação: R$ 145.000,00
Visualizações: 190
Horário dos leilões
Disponível para compra imediata
Horário dos leilões
Disponível para compra imediata

Características

  • Imóvel bem localizado
  • próximo a Mercados
  • Próximo a colégios
  • próximo a Linha Verde
  • Próximo à Terminais de ônibus
  • Fácil acesso de locomoção

Documentos

Descrição

LOTE: Direitos sobre o imóvel da parte executada, localizado em Curitiba, Paraná, consistindo no apartamento n. 13 (treze), tipo CT-AP – 2 – 46, pavimento térreo do Bloco 4-B, do “Conjunto Residencial Bairro Alto I, situado na Rua Sebastião A. Ferreira, n. 2.546, com área construída de 40,71 m2, área comum de 5,3537m2, indicação fiscal 58.040.031.122-7, matriculado sob n. 75.720 do Cartório de Registro de Imóveis da 9. Circunscrição de Curitiba.

 

AVALIAÇÃO: R$ 145.000,00 (CENTO E QUARENTA E CINCO MIL REAIS) na data de 27 de outubro de 2020 (MOV 82.1).

 

ÔNUS DA MATRÍCULA (atualizada até 05 de abril de 2022 – MOV 115.2): R.6/75.720 PENHORA expedida pelo juiz da 12. Vara Cível de Curitiba nos autos 0021930-70.2011.8.16.0001, em que é exequente CONDOMÍNIO CONJUNTO RESIDENCIAL BAIRRO ALTO I e executado ALAN CHRISTIAN FERREIRA

DÉBITO EXECUTADO: R$ 113.189,77 (CENTO E TREZE MIL CENTO E OITENTA E NOVE REAIS E SETENTA E SETE CENTAVOS) – MOV 115.3 – em 05 de abril de 2022, sujeito à atualização até o pagamento.

 

Informação Adicional

DA FORMA E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

 

1. Pagamento à Vista: Na modalidade à vista, o arrematante, no momento da arrematação, deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro ou mediante guia judicial, o pagamento da integralidade do lance vencedor acrescida da comissão do leiloeiro.

 

2. Pagamento Parcelado: 1) O interessado em adquirir o bem em prestações deverá apresentar o seu lance parcelado através do auditório virtual do leiloeiro: (i) por ocasião do primeiro leilão, por valor não inferior ao da avaliação; (ii) por ocasião do segundo leilão, por qualquer valor, salvo preço vil.  2) O lance parcelado contemplará, em qualquer hipótese, oferta de pagamento de pelo menos 25% do valor do lance à vista e o restante parcelado em até 30 (trinta) meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis. 3) As propostas para aquisição em prestações indicarão o prazo, a modalidade, o indexador de correção monetária e as condições de pagamento do saldo. 4) Caberá ao arrematante a atualização monetária das parcelas, a emissão das respectivas guias de depósitos judiciais em continuação ao depósito do sinal, bem como, no prazo máximo de 03 (três) dias após o vencimento de cada parcela, protocolar em juízo os comprovantes de pagamento. 5) No caso de atraso no pagamento do sinal ou de qualquer das prestações, incidirá multa de dez por cento sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas. 6) O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido. 7) A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre a proposta de pagamento parcelado. 8) Havendo disputa entre os lances parcelados prevalecerá sempre o de maior valor. 9) A comissão do leiloeiro será paga à vista com base no valor da arrematação.

 

DA COMISSÃO DO LEILOEIRO: A remuneração do leiloeiro será devida observada as seguintes hipóteses: a) em caso de adjudicação, 1,5% sobre o valor da avaliação, a ser pago pelo exequente; b) em caso de arrematação, 3% sobre o valor da arrematação, a ser pago pelo arrematante, inclusive na hipótese de arrematação pelo credor; c) em caso de celebração de acordo entre as partes, realizada nos cinco (5) dias que antecederem à primeira hasta pública, 1,5% sobre o valor da avaliação, a ser pago pelo executado; d) em caso de remição (art. 826, do Novo Código de Processo Civil) 1,5% sobre o valor da avaliação, a ser pago pelo executado. Em qualquer caso de invalidade da venda, serão devolvidos os valores pagos pelo adquirente.

Ver mais